Pratas da Casa - A
V O L T A R

 

BRASIL

A Banda Que Nunca Existiu

A ABQNE (A Banda Que Nunca Existiu) apresenta suas canções autorais, convidando interpretes que representam os vários sotaques da musica brasileira, o que mostra a diversidade sonora da nossa base cultural. Somado a isso, a ABQNE acredita que a música é ampla e profunda para ser classificada apenas pelo seu gênero, por esse motivo o primeiro álbum tem um conceito sonoro “random”, com uma pitada de nostalgia peculiar dos anos 90. As canções autorais serão apresentadas aos poucos, com parcimônia, por isso recomendamos " Sente-se, sinta, abra um vinho, coloque o seu fone de ouvido e deguste sem moderação”

 

GUARULHOS / SP

A Lenda Jack Blue & Os Garotos Perdidos

Antigos registros relatam o surgimento da Lenda Jack Blue & Os Garotos Perdidos no ano de 1358 em Black Wall, na Grande Londres, Inglaterra, em meio a um período sombrio da humanidade. Os misteriosos Garotos trazem consigo suas mochilas com utensílios de cozinha, lençóis velhos, algumas roupas, também “coisas que vibram” como violões, tambores, flautas, gaitas e também “coisas que fazem sonhar”, grandes garrafas com bebidas das mais variadas procedências, como vinho, rum, conhaque, cachaça, whisky, licor e um estranho líquido azul, de aparência única e origem desconhecida. Cansados de navegar e perambular por aí, resolveram misturar seus timbres misteriosos com seus sons Indígenas/Alienígenas/Piratas e selaram um novo destino:
"Tornar-se a maior e mais autêntica banda de Rock n' Roll deste mundo."

 

POÁ / SP

A Nova Banda Da Cidade

Durante todo o caos de 2018, em meio às eleições presidenciais e à vigésima primeira edição da Copa do Mundo, surge a “A Nova Banda da Cidade”, formada por Rinas Francisco (vocais, teclado, triângulo, kazoo), Andrade (guitarra, baixo e vocais), Lucas Morais (baixo, guitarra e teclado) e Abilio (bateria). A ANBDAC é um resultado de toda a balbúrdia, um efeito, um fruto, uma sequela. A banda poaense criou uma linguagem própria que mistura filosofia com diversos estilos musicais, passando pelo rock, repente, reggae, blues, entre outros. A formação da banda é intercalada em algumas faixas, valorizando as diferenças pessoais das formas de se expressar nos instrumentos. Este estilo diferenciado é consequência das variadas influências de cada integrante, buscando a síntese do antigo com o novo. Nas apresentações ao vivo, a ANBDAC evidencia essa pluralidade com improvisos, manifestos, cinema marginal e Álvares de Azevedo. Em 2020, o grupo lançou os singles "Liberdade de Amar", "Imortal" e “Antena Paranoica”, e anunciou a produção do seu primeiro álbum, esperado para o mesmo ano.

 

 BRASIL

A Phoyce

Punk rock barulhento, simples e direto! Tendo hoje sua formação com Paulo Paulada (Bateria/Voz) e Phabiño Lopes (Guitarra e Voz).

 

GUARULHOS / SP

Acido Sonoro

Formada em 2018. Somos de Guarulhos -São Paulo e temos como influência o cenário musical punk mundial. Estamos trabalhando no nosso primeiro EP. Formação: Japa - guitarra e voz / Pandora - Baixo / Thiago - Bateria

 

SALVADOR / BA

Agrestia

Banda de Salvador-BA, fundada em 2016, com proposta de fazer som autoral, pesado, vibrante, com letras contundentes.

 

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO / SP

An4nda

AN4NDA faz rock brasileiro. Preto, branco, colorido! As ideias são equilíbrio. Sentir. O som é a energia.

 

SÃO PAULO / SP

Analice

Composta por Cadu Medeiros, Cleanto Neto, Kauê Moro e Paullo Mart, a banda explora os contrapontos musicais e poéticos em alusão às nuances da vida: a tensão e o relaxamento; o cinza e a mistura infinita de cores. Cadu complementa: “Cada um de nós quatro temos uma história e aqui nesse projeto falamos de nossas questões. Dos sofrimentos às alegrias, das singularidades ao senso de coletividade. O pano de fundo é o cotidiano e isso fica evidente em nosso trabalho". O projeto Analice foi concebido em 2017 e, de lá pra cá, foram lançados um EP, seis singles e um videoclipe. Passeando entre o Rock Alternativo e a MPB, a banda explora em suas composições os dilemas e feridas causadas pelo cotidiano na cidade de São Paulo. Analice é síntese de miscelânea musical. Até o momento foram lançados um EP, dois singles e um videoclipe, produzidos de forma independente. Em agosto de 2020, Analice lançou seu primeiro EP – intitulado “Sòs”, o álbum conta com 4 músicas autorais lançadas anteriormente em formato de single.

 

SÃO BERNARDO DO CAMPO / SP

AnganT

A banda AnganT iniciou seus trabalhos com o guitarrista Valtão JR em julho de 2013, sob o nome de S.O.B.O. (Senses of Black Owl), tocando covers de bandas consagradas do metal. Com o passar do tempo, e mudanças na formação a banda passou a trabalhar com sons autorais e a partir de 2018 musou seu nome para AnganT, nome em latim que significa “causar dor, sofrimento”, e que para a banda significa o marco de uma etapa de concretização de seu trabalho, que apesar de muito “sofrimento” nunca desistiu de fazer um som autoral e verdadeiro.
Com a formação estabilizada com Willi Schults (vocal/baixo), Valtão JR (guitarra), Samuel Matioli (Bateria) e Higor Campos (guitarra), gravaram "Deep and Far" no Acustica Studios, em São Caetano do Sul. O trabalho foi disponibilizado pela Tratore e pode ser ouvido nas principais plataformas de streaming.
Avante, AnganT!!!

 

 SÃO PAULO / SP

Angelo Tavares

Músico Paulistano, profissional desde 1992. Fundou e participou de diversas bandas, dentre elas: BANDA NEW GALILEIA: Vocal e Guitarra (Tributo a Raul Seixas) THE IMPOSSIBLES BAND: Vocal, Guitarra e Teclado (Classic Rock) BANDA MOVIDO A ÁLCOOL: Teclado (Tributo a Raul Seixas) BANDA LUAR: Guitarra e Teclado (Tributo a Raul Seixas) BANDA BACK DOOR MAN: Guitarra (Cover The Doors) THE SMITHS COVER: Guitarra BANDA KRIG HÁ, BANDOLO! Vocal, Guitarra e Violão 12 cordas (Tributo a Raul Seixas) Na Banda Krig-ha, Bandolo!, foi referenciado por pessoas ilustres como Kika Seixas e Sylvio Passos. Participou de eventos de grande expressão, como por exemplo: Feira da Pompéia, Vale do Anhangabaú, Ginásio Olímpico de Araucária – Paraná, Virada Cultural 2009 E Rádio Brasil 2000 ao vivo E, teve o prazer de dividir palco com ícones da música nacional: Nasi (Ira), Edgard Scandurra (Ira), Luis Carlini (Rita Lee & Tutti Frutti), Franklin Paolillo (Camisa de Vênus, O terço, Made in Brazil...), Belchior e Zé Geraldo E agora, passado quase 30 anos, abriu as gavetas e começou a mostrar suas composições e a primeira chama-se REALIDADE II, lançada em dezembro/2020.

 

RIO CLARO / SP

Anguere

Formada no final de 2008 na cidade de Rio Claro-SP, a banda traz um repertório violento buscando fazer uma junção de algumas características da música brasileira com vários estilos da música pesada, executando um som raivoso e agressivo. Possui atualmente dois álbuns lançados, seu primeiro álbum intitulado ANGUERE lançado em 2009 e o segundo intitulado CHOQUE em 2015. Além desses dois álbuns contam também com dois EP, “HCRC” que foi lançado em 2014 e o “CADEIA” em 2017. A banda é  muito atuante com shows pelo Brasil todo e também já se apresentou em países como Equador, Peru e Bolívia.

 

SANTO ANDRÉ / SP

Anjos Ordinários

Originária de Santo André SP, a banda deu início as atividades em 2015, com o objetivo de viver de sua arte, começando por direcionar os trabalhos autorais.
É formada por Elvis Didoschka (Vocal & Guitarra, Ricardo Zorzetto (Baixo) e Marco Oyakawa b(Bateria) e possui influências de Charlie Brown Jr, Raimundos, Red Hot Clili Peppers, Blink 182, entre outros.

 

 VENEZUELA

Anorexia Isan

Banda de rock alternativo Venezolana formada por John Bustamante, Ricardo Aumaitre, Marcial Robaina y Jean Luis Rojas, continuan lanzando material, con un gusto particular: las temáticas socialmente más delicadas. Desde que viera la luz en Diciembre del 2019 su más reciente larga duracción, THE SAD ALBUM, que comprende un viaje por la maniaco-depresión en búsqueda de la redención (y en el que participan el guitarrista Lindsay McDougall de los punks Australianos FRENZAL RHOMB, y Euge Valovirta de la banda de Metal de Suecia CYHRA), hasta su reciente fichaje con el sello NEPTUNE CROSS PUBLISHING en U.S.A. y el anuncio de un nuevo EP titulado RECYBELIA, han compartido lo que quizás sea, de momento, su sello más característico: abarcar con audiovisuales en clave de rock alternativo, punk, metal y post-hardcore, temas polémicos de una sociedad globalizada. Si bien en el videoclip de la canción A MORNING OVERTURE se paseaban por lo que pareciera ser el día a día de una persona con pensamientos suicidas, su más reciente pieza, WORDS, intenta ser un recordatorio del tiroteo de Columbine, que en su momento fuera el peor suceso de esta clase en los Estados Unidos, y cuyos autores acabaron con sus vidas posteriormente. Las razones de los jóvenes Eric Harris y Dylan Klebold para cometer el crimen han sido un tema de debate hasta el día de hoy. Ambos audiovisuales parecieran conectarse en un punto específico: la depresión clínica. Es por ello que resulta fácil interpretarlos como pequeñas invitaciones a la reflexión colectiva.

 

SANTA MARIA / RS

Arde Rock

Criada em dezembro de 2008 na cidade de Santa Maria/RS, a Banda Arde Rock é formada por: Killermano, Simone Sattes e Thomás Martins.
Em setembro de 2012 a Banda lançou seu álbum de estreia intitulado "Velho rock", que conta com doze composições próprias com temas positivos que falam de determinação, sonhos e conquistas. Em 2017 a Banda lança seu segundo álbum que se chama “Algo a Zelar”, o CD apresenta uma grande diversidade musical dentro do estilo rock, porém não se prende a nenhum rótulo específico trazendo desde southern rock, passando pelo Hard Rock e também composições mais pesadas. A Banda que é conhecida por revisitar os hits dos anos 80 em seu show, traz ainda neste álbum sua versão para um dos clássicos da Banda Roxette.
A mescla de vocais masculinos e femininos já é marca registrada da Banda e novamente norteia o trabalho da Arde Rock neste segundo CD, que traz motivação como tema principal das letras do álbum “Algo a Zelar”.

 

 SÃO PAULO / SP
 

Apolo 11 HC

Hardcore Nacional RUY GOMES - BAIXO E VOZ / JANEILSON HC FERREIRA - GUITARRA E VOZ / CELSO ANJOS - BATERIA

 

SÃO BERNARDO DO CAMPO / SP

Arquivo Central

Formada em 2012 por músicos da região do ABCD, a concepção original da banda era montar um time de músicos ecléticos e experientes para tocar “covers” em eventos. Entretanto, já nas primeiras seções de ensaio, percebemos naturalmente que nossa real vocação era trabalhar com músicas autorais!As músicas autorais carregam a identidade sonora da banda e, ao mesmo tempo, formam um repertório bastante eclético o que permite atingir diferentes públicos-alvo. As letras escritas com a preocupação de, além do entretenimento, transmitir alguma mensagem e permitir a reflexão do público.
Atualmente divulgando seu terceiro trabalho "Politicamente Incorreto, a banda é formada por Paulo Arós (vocal), Elias Paz (guitarras e violão), Márcio Lupa (contrabaixo) e Zé Vedovato (bateria e piano) .

 

BELO HORIZONTE / MG

Arquivo D'Vinil

Formada em 2010 com objetivo de fazer releituras dos grandes clássicos do Rock'n'roll dos anos 60/70/80. Durante 6 anos percorreu por todas as casas, festivais e eventos do gênero, Em 2016 tomaram novos rumos dando ênfase ao trabalho autoral, lançando singles e incluindo no repertório. O Arquivo d'vinil segue com sua formação Power trio com Cleber Fernandes (Guitarra e voz) Gilson Melo ( Baixo) e Roberto Menezes ( bateria).

 

SÃO PAULO / SP

Asfixia Social

Banda com influências do Punk Rock e Hip Hop, com ideologia libertadora, não se limitando a nenhum estilo, flertando com o ROCK, RAP, SKA, HARDCORE, e muito mais, num verdadeiro crossover de referências globais.

 

Avenida Kactus

Es un proyecto musical de Rock ska latino, que nace en el año 2006 en Amecameca, Edo Mex, con la simple intención de divertirse haciendo música, en ese entonces realizaron presentaciones en diversos escenarios ubicados en el Estado De México, CDMX, Cuautla, Cuernavaca y Oaxaca, alternando con diversas bandas de la escena del ska mexicano, como Los de Abajo, La Matatena, Nana Pancha, Antidoping, la Tremenda Korte, entre otras. Para el año de 2011 el proyecto toma un receso y posteriormente regresan a los escenarios en el año 2018 con nuevas ideas musicales y una nueva alineación. Durante este periodo se trabajó bajo la producción de Estudios EMA Music a cargo de Adrián Echaniz en coproducción con Raúl González (ex productor de Tremenda Korte) para la realización del primer material discográfico de Av. Kactus el cual lleva por nombre “Que siga la Fiesta “que cuenta con la colaboración de diferentes músicos y amigos entre los que destaca la participación de Juan Taleb vocalista del grupo argentino LOS CALIGARIS. De este disco se desprende el sencillo “CONFUNDIDO” el cual cuenta con videoclip disponible en la plataforma de YouTube. En 2019 con la canción “Servicios Ambientales” se obtuvo el primer lugar en el concurso Estatal “Con clave Forestal” organizado por la Comisión Nacional Forestal, canción que será parte de la publicidad de la cultura forestal en México.

 

V O L T A R
RADIO PLANO B