Pratas da casa - M
V O L T A R

 

SÃO PAULO / SP

Mãe Da Rua

Com estilo próprio a banda Mãe da Rua tem um propósito musical, social e cultural, através de letras sociais, politicas e de grandes histórias vividas pelos integrantes. É uma grande família onde conta com vários parceiros de outras bandas e amigos da nossa e outras Quebradas!!

 

 MOGI GUAÇÚ / SP

Manga Rosa

Banda formada em 2014 por 4 jovens punks psicodélicos lutando contra o sistema em mogi Guaçu/sp Contato: Nati 19 989444517 VOCAL: NAT CROWLEY / GUITARRA: NER0 / BAIXO: IGOR MALLIS / BATERA: GREGORIO

 

FORTALEZA / CE

Mar de Venus

A Mar de Vênus é uma banda de Rock da cidade de Fortaleza-CE, formada em 2017. Tendo um repertório exclusivamente autoral e em português, traz consigo composições voltadas à discussão e reflexão de temas transversais do cotidiano como respeito à diversidade, esperança, amor e críticas sociais. Com sua autenticidade, a banda busca mesclar e valorizar diversas vertentes musicais, tanto nacionais como internacionais, em suas canções, como Hard Rock, Indie/Alternativo, Blues e traços da música regional nordestina.

 

SÃO PAULO / SP

Mardita

A banda mais mardita de São Paulo nasceu em 2016 de uma grande amizade, cinco amigos com vontade de fazer o que mais gostam juntos - o bom e velho rock and roll. Um som autoral, visceral, (quase) sempre em português, que fala diretamente com aquele cara comum, do dia a dia, sobre seus problemas e desafios nas pequenas coisas. Associado à isso, a banda apresenta versões de músicas consagradas de vários estilos, mas sempre com a roupagem Mardita. Com pouco mais de um ano de banda, o Mardita já conseguiu seus fãs, shows de casa cheia, galera cantando junto cada refrão grudendo e original. Também despontou como headliners em eventos como Saturday Rock, Rock and Roll All Night, entre outros.

 

 RIO CLARO / SP
 

Marina Silva

A cantora Marina Silva de Rio Claro-Sp é percussionista e integrante do duo 'Jedias Hertz e Marina Silva'e dá inicio ao seu projeto de estreia, o álbum "Caótico Jazz Tropical", com um single duplo que conta com as músicas "Fixos e Fluxos" e "Baião de Clavinet". A artista nos traz questões sociais, como as lutas que as mulheres encaram no dia a dia e busca inspirações em misturas de ritmos brasileiros e gringos, como o baião, o jazz e o funk americano.

 

BRASILIA / DF

Maryllusion

A Maryllusion é uma banda de rock com vocal feminino, formada em Brasília/DF em 2016, a partir de um projeto cover de rock que os integrantes tinham desde 2015. As primeiras apresentações como banda autoral aconteceram em 2017, já com o nome e formação atuais. Em 2019 voltamos com toda energia e o que passamos atualmente para o nosso público é rock'n'roll vibrante, independente de rótulos, passando pelo hard rock, stoner rock, metal melódico, new metal e até o punk.

 

MAUÁ / SP

Mary Nude

MARY NUDE é uma Banda de rock autoral, fundada em mauá na PERIFERIA DO ABC PAULISTA em 2016, traz na suas letras conteúdo sobre o cotidiano de sobrevivência, luta e resistência do morador da periferia...

 

BELO HORIZONTE / MG

MaUrinho e os MaUditos

Banda mineira autoral inspirada nos grandes compositores "malditos", formada por Maurinho Berrodagua, Vinicius Cavalo, Lucas França e Fernando Murcego.

 

 ITALIA

Max Montanari

Cantante | Performer teatrale | Producer musicale | VoiceOver service | Doppiatore Produzione e consulenza eventi | Vocalcoach Amo la mia vita perché faccio quello che ho sempre sognato di fare: sognare Per collaborazioni: DM !

 

SÃO PAULO / SP

Me Chama De Zé

Me Chama de Zé bebe do espírito do Rock´n Roll através do cotidiano vivido em sua cidade, que leva o nome do primeiro single da banda em sua homenagem Criada por músicos que tem como influência o grunge, esta banda se diverte ao mostrar seu trabalho artístico e expor seus pensamentos e ideologias através de suas próprias composições.

 

 BELO HORIZONTE / MG

Mercantes

Chega de pop rock lugar-comum! Vamos fugir e atracar em um porto não necessariamente seguro, mas uma alternativa consistente à mesmice saturante dos sons que invadem nossos corpos. É o que nos apresenta a banda MERCANTES: uma nova proposta, um pop rock agradável sem ser piegas; rebelde, mas não sem causa; um pop rock denso, profundo, com algo que sentimos falta hoje em dia nos sons. É uma novidade que merece ser ouvida, comida, degustada, absorvida... Enfim, uma música que podemos absorver usando os nossos cinco sentidos. A banda MERCANTES: acaba de nascer. Surge neste 2011 apresentando uma nova roupagem para o intitulado pop rock nacional. As músicas da banda falam de amor, despedidas, revoltas, cotidiano, brigas, medos, enfim, temas que povoam nosso consciente e subconsciente todos os dias, o tempo todo. O nome da banda veio da extinta banda da qual Matheus Philip e Madson Guimarães fizeram parte e que tinha nome dado por Madson: MERCHANDISE. “Coloquei este nome para contradizer, a princípio; foi uma forma de protesto a outros músicos de bandas que tinham a proposta de fazer música apenas com fim comercial, para, por exemplo, para serem tocadas em novelas. MERCHANDISE significa MERCADORIA. Mas para mim música é muito mais do que isso. E como as nossas músicas deste nosso novo projeto são em Português, decidimos por um nome na nossa língua: MERCANTES, que tem o mesmo significado pra gente. É isso”, diz Madson Guimarães. O primeiro disco da MERCANTES foi gravado no período de Junho do ano passado até Março deste ano, em Pedro Leopoldo, Minas Gerais. Foi produzido pelo experiente Gleison Túlio. As canções deste primeiro disco da MERCANTES são preciosidades, estavam guardadas desde 2001 em gravações caseiras. Elas foram selecionadas por Gleison Túlio em meio a muitas outras que Madson compôs. O disco ficou bem interessante: Contém músicas feitas ao longo de dez anos, em diversas fases da vida do seu autor. Também merece destaque o processo de produção das músicas, que não é linear, mas um processo de desconstrução tanto do homem quanto do texto que possibilitou um novo produto, com uma linguagem simples e profunda que, pode-se dizer, pelo efeito que causa em quem o ouve, trata-se de uma linguagem universal. A faixa número 5 do disco “O que eu quis” é a música de trabalho da banda. Em algumas faixas há o uso de eletrônicos, efeitos especiais e psicodelia, principalmente na faixa 07 “Os pássaros”. “Pop rock eletrizante é como eu defino este nosso trabalho”, resume Madson. A banda é de Belo Horizonte. No repertório estão obras do cenário brasileiro de rock, principalmente trabalhos dos poetas Cazuza, Renato Russo e Raul Seixas. “Fizemos novas releituras para homenageá-los”, afirma Madson. Vale conferir!

 

SANTOS / SP

Metallstein

Este “Power Trio” do “Rock Pesado” formou-se em meados de janeiro de 2019 na cidade de Santos/SP, quando o guitarrista Vinicius Guedes, influenciado desde muito jovem por bandas como: “Vulcano”, “Obituary”, “Napalm Death”, entre outras e músico do cenário “underground”, fosse apresentado para o baterista Fausto, com passagens em bandas de metal do cenário “underground” no estado de Pernambuco, local onde residia. Os trabalhos foram iniciados e através das influências de cada um, as músicas começaram a ser desenvolvidas. Com uma mescla de aptidões musicais, aos poucos foram atingindo o objetivo comum: “riffs” fortes, densos, impactantes e ao mesmo tempo envolventes. Na sequência, foi apresentado para o jovem Marcus Vinicius, vocalista potencial, apaixonado pelo metal e pesquisador de bandas do gênero no cenário mundial. Marcus chega e logo as poucas letras estão transformadas em textos prontos para serem inseridos nas músicas.

 

MOGI GUAÇÚ / SP

Metalmad_DC

Formada em 2011 com o intuito de valorizar o verdadeiro Heavy Metal oitentista priorizando os lados B's e sons autorais. Alexandre (vocais), Sandro (baixo/ backing vocals), Alex Roque (guitarra) e Cachorrão (bateria).

 

RIO DE JANEIRO / RJ

Mirrors Room

"Bem-vindos à esta sala onde sonhos vêm e vão, onde há pessoas que perderam algo." Gustavo Amorim / Rodolfo Prado / Marlom Santos / Victor Lima. \ Rock Alternativo - Metal Alternativo - Post-Grunge.

 

RIO GRANDE DO SUL
 

Mistura Pop

Esse projeto nasceu da vontade de fortalecer um trabalho que já existia a bastante tempo como Marcos Leandro e banda, sempre estiveram a procura de um nome ideal para o trabalho próprio, pois entraram em estúdio para gravar o novo Single com participação de músicos do Centro do país, e ai surge o nome “Mistura Pop” que encaixou perfeitamente no projeto. O single Na Pista teve participação de Maurício Coringa (Paula Toller e Oriente), Hélio Ferinha (Cidade negra e Marcelo Falcão), o baterista Adal Fonseca (Paula Toller, Engenheiros do Havaí e outros). O baixista e produtor musical Diego Pessoa que fez toda a direção musical. Atualmente a música “Na Pista” está rodando na Rádio jovem Pan 103.1 e outras. Seguem trabalhando no mais recente Single Pro Baile, que está rodando na Radio Atlantida e teve a produção nacional do Helio Marques ferinha que já tinha gravado os teclados no primeiro Single da banda “Na Pista”. A Banda Mistura Pop segue no conceito de misturar os gêneros Pop e Rock e músicas autorais.

 

FLORIANÓPOLIS / SC

Monoacidos

Fundada em 2013 em floripa, o Monoácidos já veio com a intenção de mostrar o seu trabalho autoral. Após pouco e muito criativo tempo de trabalho, a banda teve seu único e longo hiato de 6 anos, retomando as atividades em 2019, com uma formação bem diferente, restando apenas um membro do time de 2013. A banda trabalha na gravação e produção do seu primeiro álbum , pré-intitulado “Garrafas e Meninas” , que tem lançamento para 2020, e terá aproximadamente 12 músicas. As composições para esse álbum já estão prontas e estamos em processo de gravação. As letras tratam dos momentos e trazem a verdade da nossa intimidade. Garrafas, Relacionamentos,Doutrinas, Neuroses, Delinquência, Amor, Viver intensamente, Deus e o Diabo, Hippies, Estradas, Insonias, Politica... Não existe uma receita e nem uma única forma de fazer.

 

NATAL / RN

Morbid Garden

Banda de Metal sinfônico Brasileira com influências em vários gêneros do Heavy Metal extremo.

 

 SÃO PAULO / SP

Mortuus Vivus

Formada no início de 2017, em Pirituba, bairro da zona oeste de São Paulo, a Mortuus Vivus faz seu punk rock horror com levada Rock'n'roll, letras em português baseado em filmes, lendas e contos.

 

 CONCEPCIÓN / CHILE
 

Mowasee

Mowasee é uma banda Post Punk, nascida em 2019 na cidade de Concepción, Chile. É formado por Jurel Sonico (Adelaida) na Guitarra e Voz, Anke Steinhofel no Baixo e Voz, Mati Nube (Ice Cream Ü) na Guitarra, Gabi Rodriguez (Animales Exóticos Desamparados, Flores Marchitas, Terror Sonoro) na Bateria. Apesar de sua curta trajetória, é um grupo que tem muita clareza quando se trata de fazer um show ao vivo, é precedido pela experiência com suas bandas principais, que atuam há mais de 15 anos no cenário musical independente. "Río Mental" é seu primeiro álbum, produzido por Jurel em seu estúdio caseiro Hiss Records, e a estreia aconteceu em janeiro de 2020. É a desculpa perfeita para fazer uma turnê promocional ao longo do ano, tanto no Chile quanto na Argentina. A sua música é carregada de energia e reminiscências da sonoridade dos anos oitenta e noventa, mas levada ao presente com uma cunho único, uma lírica poética e abstracta, que por vezes se torna directa para ser a voz dos sem voz, a música de os rejeitados, uma rocha com óculos escuros e aspecto fúnebre, que harmoniza caos e equilíbrio no tema principal de suas canções.

 

 RIO DE JANEIRO / RJ

Mr. Bronca

Banda de rock do Rio de Janeiro, Brasil

 

BRASÍLIA / DF

My Last Bike

MY LAST BIKE surgiu em 2009 com a união de velhos amigos e com o mesmo propósito: Divertir e fazer a diferença. Todos com uma experiência no meio musical e com passagens em outras bandas, carregam grandes influências do Punk Rock e Hardcore Melódico californiano, como Green Day, New Found Glory, Millencolin, Lagwagon, Yellowcard, No Use For a Name, NOFX, dentre várias outras, como as nacionais, Strike, Sugar Kane, Rivets e Wacky Kids. A formação que conta com JONH na bateria, MAEL no baixo e voz, LEANDRO na guitarra, FORMIGA na guitarra, e BRUNO no vocal, vem fazendo de seus shows uma vibrante e divertida festa, que vai do Pop ao Punk Rock e provoca grandes expectativas na cena do Rock de Brasília.

 

V O L T A R
RADIO PLANO B